Que o yoga é um estilo de vida milenar e tem inúmeros benefícios a gente já sabe, e cada dia vemos surgir mais estúdios, com vários estilos de prática disponíveis. O que encontramos mais facilmente são as aulas de asana (posturas físicas) e de meditação separadas, algumas delas incluindo respiração.

yoga

Embora minha prática ideal inclua respiração, meditação e asana, só a prática física já traz inúmeros benefícios para a saúde física e mental, como:

  • melhorar a postura, a oxigenação e a circulação sanguínea
  • aumentar a flexibilidade e a força muscular
  • cuidar das articulações e da coluna
  • aliviar os sintomas da TPM e da menstruação e regular o ciclo de forma natural
  • preparar o corpo para gestação e parto
  • melhorar nossa capacidade de concentração
  • reduzir a ansiedade

Mas os maiores benefícios a gente começa a notar logo que senta no tapetinho e fecha os olhos. O instrutor pede presença, pede que você deixe os problemas lá fora e se concentre no aqui e agora.

Ali, de olhos fechados, respirando e focando em nossa prática, não tem certo e errado. Não tem culpa nem cobrança. A mensagem é: faça o que conseguir, fique no seu limite.

No começo é difícil. A mente não aquieta, o fôlego falta, a gente não resiste e dá uma olhada no tapete do vizinho, se compara, quer fazer mais. Mas com algumas práticas isso começa a sumir. Vamos aprendendo a respeitar nosso humor e nosso corpo a cada dia; aprendemos a diferenciar a dorzinha do corpo desacostumado de uma dor mais séria.

cat-yoga

Aprendemos a ter paciência: você só vai ficar de ponta cabeça ou fazer as posturas mais desafiadoras com muito tempo de prática.

Tudo isso se reflete em nós: se conseguimos nos “perdoar” ali no tapetinho, levamos isso pra vida. O resultado? Somos mais acolhedoras com nossas questões e dúvidas e sentimentos; aceitamos melhor nosso corpo e nossas emoções; aprendemos que as coisas têm seu tempo, e a gente só pode ir se esticando um pouquinho por dia.

, ,