Uma pesquisa recém lançada afirma que 1/3 dos homens tem nojo de fazer sexo oral na sua parceira. OK. Respira. Vamos lá.

Coincidentemente promovida por uma marca de lenços umedecidos para a higienização pré e pós sexual, a pesquisa falou com 1.252 homens heterossexuais, entre 18 e 30 anos, residentes em São Paulo.

Evitarei tocar no recorrente marketing de demonização dos orgãos sexuais femininos, especialmente por esses artigos de higiene feminina. É óbvio demais, caras.

Dito isto, me resta apenas ressaltar que, incrivelmente, esses homens são todos sexualmente ativos. E que, o mais deprimente dos dados, mesmo entre os caras que realizam a prática, 35% afirma sentir nojo. Sobre isso, gostaria de citar uma pensadora:

IMG_20141015_202229

Nossa, mas já está cagando regra, os caras fazem o que quiserem, é a vida deles.

Amigs, duplo erro, pois: não é cagação de regra e não é a vida deles. Estou falando de fatos sobre a sexualidade da mulher. E nós já falamos sobre isso aqui mais de uma vez, mas vamos lá, resumindo:

– 40% das brasileiras nunca tiveram um orgasmo, mesmo que, destas, 70% sejam capazes de ter orgasmos clitorianos (um mundo com empatia é um mundo melhor)

– as mulheres procuram 901% mais que os homens o termo “comer buceta” no Pornhub (coincidência? com tanto cara com nojinho temos que ver em vídeo pra lembrar como é)

Então bora comentar os principais motivos para a não prática de sexo oral na coleguinha?

1. A vagina cheira muito mal

cheiro de vagina

Tudo e todos tem cheiros diferentes no mundo. Então é apenas normal que a vagina tenha seu próprio cheiro, também. Ainda que um odor muito forte ou característico possa, sim, indicar doenças, desequilíbrio na flora (é um lugar escuro, quente e úmido, desequilíbrios são esperados), fungos, etc, muitas vezes o terrível cheiro relatado é apenas sinal de nojinho. E nojinho, vocês sabem, é que o impede pessoas de fazer coisas incríveis. Se os primeiros médicos, astronautas ou sanitaristas tivessem nojinho o mundo seria um lugar bem diferente. Se tu é cheio dos nojinhos, talvez uma atividade física com outro corpo suando e produzindo secreções não seja pra ti.

DIY: Para resolver o problema, faça um belo colar com um desses desodorizadores de vaso sanitário (ver imagem). Inclusive eles estão disponíveis em vários designs, para melhor atender todos os gostos.

2. A vagina tem gosto ruim

temperos

Sommelier de vagina é aquele tipo de cara que diz que todas as carnes desconhecidas que ele provou, possivelmente a contragosto, tem sabor de frango. Não tem, não, colega.

Aliás, isso tudo me lembrou essa citação do Zizek:

Hoje encontramos no mercado uma série de produtos desprovidos de suas capacidades malignas: café sem cafeína, creme de leite sem gordura, cerveja sem álcool… E a lista não tem fim: o que dizer do sexo virtual, o sexo sem sexo; da doutrina de Colin Powell da guerra sem baixas (do nosso lado, é claro), uma guerra sem guerra; da redefinição contemporânea da política como a arte da administração competente, ou seja, a política sem política; ou mesmo do multiculturalismo tolerante de nossos dias, a experiência do Outro sem sua Alteridade (o Outro idealizado que tem danças fascinantes e uma abordagem holística ecologicamente sadia da realidade, enquanto práticas como o espancamento das mulheres ficam ocultas…)? A realidade virtual simplesmente generaliza esse processo de oferecer um produto esvaziado da sua substância, do núcleo duro e resistente do Real – assim como o café descafeinado tem o aroma e o gosto do café de verdade sem ser o café de verdade, a Realidade Virtual é sentida como a realidade sem o ser. Mas o que acontece no final desse processo de virtualização é que começamos a sentir a própria “realidade  real” como uma entidade virtual.

DIY: Alguns temperos são capazes de anular mesmo os gostos mais únicos. Eu abusaria do coentro ou do cominho.

3. A vagina é muito úmida

vagina úmida

Cara, volte dez casas pois você não sabe o que é lubrificação. A lubrificação vaginal é o que torna a penetração agradável e é uma forma da moça dizer que está feliz em te ver. E ela deve estar feliz em te ver nessa região, mesmo, já que tudo indica que você não é muito chegado, né?

DIY: Minha recomendação inicial era tocar farinha e fazer uma bela farofa, mas Polly disse que cal é maravilhoso para secar. Aliás, se tu estiver em região de seca e falta de água, coisa boa um lugar úmido, né? Faz bem até pros poros.

4. A vagina tem muito pelo

vagina tem pelos

Bom, o ser humano adulto costuma ter pelos. O que talvez tu não saiba (mas a Cameron Diaz sabe) é que a maior parte dos ginecologistas recomenda que não se depile completamente a virilha, colocando uma medida (que varia) para que a retirada de pelos continue sendo saudável para a mulher. Isso quer dizer que os pelos estão ali para evitar doenças. E, como ressaltou a @How_Lu, vagina não tem pelo.

DIY: Deixe crescer o bigode e a barba até acostumar com a ideia de ter pelos no seu rosto.

5. A vagina é feia, desagradável de se olhar

Perfecte Poezen Parade

Beleza é uma coisa muito pessoal, mesmo. Eu, pessoalmente, acho que homem idiota é feio. Nada mais sexy que homens massa, bem informados e que repensam os padrões culturais nocivos. Tantas mulheres crescem acreditando nessa balela e fazendo cirurgias e vivendo em sofrimento constante por uma ideia que, pra ser sincera, eu nem entendo bem. De verdade. E isso, essencialmente, porque as vaginas são todas bem diferentes entre si. No mais, é como diria minha avó: quem ama o feio, bonito lhe parece.

DIY: Feche os olhos e encare como um mergulho no oceano profundo.

6. Sou egoísta

Bom, pelo menos tu sabe.

, , , , ,