Vocês já conhecem a campanha Chega de Fiu fiu, né mores?

Ninguém deveria ter medo de caminhar pelas ruas simplesmente por ser mulher. Mas infelizmente isso é algo que acontece todos os dias. E é um problema invisível. Pouco se discute e quase nada se sabe sobre o tamanho e a natureza do problema. Para tentar entender melhor o assédio sexual em locais públicos, a Olga colocou no ar, em agosto, uma pesquisa elaborada pela jornalista Karin Hueck, como parte da campanha Chega de Fiu Fiu. Contamos com 7762 participantes e 99,6% delas afirmaram que já foram assediadas  – um número tão alto que já dá a ideia da gravidade do problema.

4jVqAwm-1

Já escrevemos exaustivamente sobre isso, todas nós.  Mas a televisão insiste em romantizar o assédio, muitas pessoas insistem em relativizar (“mas não pode nem um ~linda~?”) e, como vocês devem imaginar, boa parte dos homens insiste em minimizar as nossas reações a abordagens não-solicitadas na rua.

Cao4gz5

Pois agora as lindas do Think Olga resolveram iniciar um financiamento coletivo pra fazer um documentário partindo da campanha Chega de Fiu Fiu.

Baseado em dados da pesquisa e do Mapa Chega de Fiu Fiu, o documentário quer estabelecer um diálogo entre as vítimas, os que praticam o assédio e as especialistas no tema. Essa abordagem permite uma visão completa sobre o assunto, investigando suas causas, suas motivações, seu contexto social e soluções para a violência.

 

A campanha, a pesquisa, a conversa, o documentário, isso é tudo é muito importante pra colocar esse assunto tão urgente na roda.

Colabora lá!

Porque chega, né.

, , , , ,