Me escreveram perguntando o que eu acho dos relacionamentos da protagonista de My Mad Fat Diary.

Polly, é meio gordofóbico da minha parte achar forçado que em My Mad Fat Diary* a Rae pegue uns meninos tão gatinhos? Sei lá, eu sou bem fora dos padrões como ela e nunca jamais meninos como aqueles me dariam bola. Isso me broxou um pouco de assistir a série, achei nada realista nesse ponto.

Resposta curta: É.

Resposta longa: Migs, a única coisa não realista aqui são suas expectativas de como as pessoas devem se relacionar. Você está cometendo 3 erros básicos.

 1) Achar que beleza é algo universal

Como já foi dito antes, o mundo não está cheio de Gente Bonita e Gente Feia. O mundo está cheio de gente bonita para uns e feia para outros. Ryan Goslin? Todo mundo acha maravilhoso, mas se me ligar eu mando dizer que não estou. Acho horroroso. Já Steve Buscemi eu pegava fácil e todo mundo acha feio.

Você pode achar Finn areia demais pro caminhão da Rae, mas não vejo nada de espetacular nele não. Não é feio, mas já peguei melhores, viu.

dsclp, não quis te magoar

2) Achar que beleza é a única coisa que conta na hora de se relacionar com alguém

Se eu for agora numa academia sabe quem vai querer namorar comigo lá? Ninguém. Não porque eu sou gorda e feia, mas porque não tenho absolutamente nada em comum com aquelas pessoas. Galera quer comparar preço de whey e falar sobre treino funcional enquanto eu quero fazer maratona no Netflix e falar sobre peidos. Semelhante atrai semelhante, mas isso vai além do tipo físico.

Sim, Rae e Finn são incompatíveis fisicamente, pois ela é gorda e fora do padrão enquanto ele é magro e supostamente gato, mas essas não são as únicas coisas que eles são, né? Se você acha que sim, isso significa, no mínimo, que você não prestou a menor atenção na série.

2

dsclp, mas eles se amam

 3) Se achar no direito de julgar quem pode namorar com quem

Uns tempos atrás, quando estava morando em Londres, tava saindo com um austríaco que era muito lindo porém bem mala. Quando eu digo muito lindo, quero dizer muito lindo mesmo. O tipo de lindo que é meio difícil alguém achar feio. Pode até não ser seu tipo, mas você acaba admitindo que a pessoa entrou duas vezes na fila da beleza. Cara mais lindo que peguei na vida.

Daí um dia estava com ele num pub, já meio pensando em terminar pois o que tinha de lindo tinha de mala, quando ouvi uma garota perguntando pra outra “nossa, o que ele tá fazendo com ela, que errado” enquanto apontava pra mim. Virei pra ela e disse “olha, você deveria era se perguntar o que eu estou fazendo com ele. Se quiser, pode pegar pra você.”

Quer dizer, essas mulheres olharam pra gente e, como Representantes Oficiais do Departamento de Relações Humanas, decidiram que eu não merecia, que eu não podia, estar com aquele cara. Quando na verdade eu tava era pensando que merecia coisa melhor pois ele era muito chato.

Então vamo entender que as pessoas são indivíduos únicos e cada um é responsável por decidir quem é digno ou não da sua atenção e ninguém tem nada com isso, vamo?

3

dsclp, pego quem quiser

 
 
*Quem nunca assistiu My Mad Fat Diary, assista pois é maravilhosa.
 

, , , ,