O mundo machista que afasta mulheres de seus sonhos toma mais uma rasteira. Três nomes de peso – NASA, Google e Disney Junior – se juntaram para criar uma série de TV que quebre estereótipos de carreiras na Ciência e Tecnologia, inspirando meninas a seguirem por estas áreas. As três perceberam que, em geral, os cientistas e os grandes gênios que aparecem na TV e no cinema são homens. A ideia agora é mostrar para as meninas que elas podem sim muito bem ser cientistas, astronautas, engenheiras e tudo mais que sempre quiseram.

Miles From Tomorrowland conta a história da família Callisto. Ela é composta pelo aventureiro Miles, um menino que mora no espaço, sua irmã Loretta, uma garota esperta que sabe programar, o pai engenheiro, chamado Leo e a mãe Phoebe, que dirige a nave da família.

Miles, Merc, Leo, Phoebe e Loretta

Queremos que todas as crianças se interessem por ciência, mas nós realmente sentimos que era importante que as meninas, em particular, vissem personagens femininos fortes.

Sascha Paladino, criador do show

Uma pesquisa realizada pelo Google em 2014 mostra que o número de mulheres que ingressam em cursos ligados à ciência e à computação caiu de 37% em 1984 para 18% em 2009. De todos os profissionais da ciência da computação no mundo, apenas 27% são mulheres. A pesquisa também apontou que a ausência na mídia de personagens cativantes, com as quais as meninas se identificam é um fator importante na hora da escolha da carreira.

Na visita à NASA, os executivos do programa se inspiraram na astronauta real Yvonne Cagle para criar Phoebe, a mãe. As personagens fortes do desenho servirão de exemplos a todas as garotas, sem excluir os meninos da diversão da série

yvonne-cagleAstronauta Yvonne Cagle. Fonte: NASA

Na visita ao Google, Sasha Paladino passou o dia com algumas engenheiras da empresa para se inspirar na personagem de Loretta, a irmã de Miles, programadora e gênio da família. A produção aposta que as meninas se identificarão com Loretta e assim se interessem mais pela área.

Miles From Tomorrowland está com a segunda temporada em preparação e os criadores continuam ouvindo os conselhos do Google e da NASA para melhorar o show. Pode não ser um desenho perfeito, no entanto os criadores tiveram o cuidado de se inspirar em pessoas reais e de cativar o público feminino através das personagens. Quantas meninas programadoras e geniais nós temos no universo ficcional?

 

, ,