Esses dias um cara me disse, no balcão de um bar, que a diferença entre a Marilyn Monroe e a Brigitte Bardot é que a primeira era “uma vagabunda” e a outra, não. Imediatamente perguntei “o que é uma vagabunda?”. Ele sorriu irritadinho e disse “tu entendeu”. Eu me levantei, me aproximei dele e disse “eu realmente não entendi. O que é uma vagabunda?”.

marilyn (14)

Marilyn abaladíssima com o homenzinho do balcão

Segundo o dicionário, “vagabunda” seria o mesmo que “vadia” e essa seria “uma mulher que leva vida devassa ou amoral”. Como estávamos, na ocasião, enchendo a cara e acompanhando o Sarau Elétrico com textos do Bob Dylan, não me pareceu que o cara em questão se importava muito com coisas como “levar uma vida devassa ou amoral” – ou será que ele só não se incomoda se quem levar a vida devassa ou amoral for um homem e não uma mulher? Sim ou com certeza?

3163738810_1_6_9uQseQuX

Só rindo da cara desses aí mesmo rs

Marilyn e Brigitte traíram absolutamente todos os maridos que tiveram – Brigitte fala francamente sobre isso na sua autobiografia e Marilyn, em conversas com amigos e até mesmo em entrevistas. Ao que me concerne, a moralidade pode tomar no meio do rabo, mas imagino que traição pode ser considerada algo devasso ou amoral para o nosso amiguinho.

Então, se ambas praticaram esse tipo de ato, por que o rapazinho achava uma vagabunda e a outra, não?

Brigitte Bardot 8

Nós mulheres passamos a vida inteira fugindo do título de “vagabunda” como o cunha foge da polícia. O que acontece, gatas, é que se um cara quiser dizer que você é uma vagabunda, ELE VAI DIZER. Não interessa se você é virgem. Não interessa que ande de burca. Não interessa que seja uma freira. Se você e sua amiga tiverem exatamente o mesmo comportamento, ele poderá definir que uma é uma vagabunda e a outra, não.

Como diriam os filósofos: a escrotice tem razões que a própria razão desconhece.

marilyn (4)

Bateu fraco miga

Você será chamada de vagabunda se dispensar o cara. Você será chamada de vagabunda se trepar no primeiro encontro. Você será chamada de vagabunda se cortar o cara no trânsito. Você será chamada de vagabunda se comer o último pedaço de bolo do aniversário da firma, se perder o deadline, se não quiser dar, se ganhar a vaga de emprego que ele queria, se estacionar no local que ele gosta de estacionar, se adorar fazer sexo oral, se odiar fazer sexo oral, você será chamada de vagabunda se pegar a última bud em promoção no Zaffari da Fernandes Vieira e se tiver um penteado muito elaborado e sentar na frente dele no show do Zeca Baleiro.

Existem milhares de motivos para sermos chamadas de vagabundas. Se você ainda não foi, fique esperta: a qualquer momento, você será contemplada.

Então eu sugiro que você abrace o título. Que você seja uma vagabunda com muito orgulho, que você se auto proclame uma vagabunda gold edição super luxo antes que qualquer zé mané venha a fazer isso por você. Eu sugiro que, se você e sua amiga tiverem exatamente o mesmo comportamento e um cara definir que uma é uma vagabunda e a outra, não, vocês duas se abracem, apontem na cara dele gargalhando e dêem adeusinho.

Sabe o que é? Me parece que ser uma vagabunda está muito próximo de ser uma mulher livre.

Seja vagabunda. Seja livre. Seja heroína.

tumblr_mx7zwvLIg41se7bylo1_500

Beijo, se liga e vai cagar regra pra lá

, , , ,