Como ampliar a criatividade

A criatividade é um meio que faz com que muitas atividades possam ser desenvolvidas com mais facilidade e faz parte do processo de otimização de muitas tarefas, principalmente quando se pode achar alternativas efetivas para mediar situações complexas ou até mesmo inimagináveis de acontecer. 

Sendo assim, com a criatividade, é possível achar meios para melhorar ainda mais processos que demandam de muita técnica, como o tratamento de efluentes, por exemplo. Por isso, manter a criatividade em alta é sempre importante, pois ela também é uma excelente ferramenta para outras atividades. 

Como funciona um processo criativo? 

Um processo criativo é um passo a passo de como fazer um planejamento de uma atividade para que ela possa ter uma vertente diferenciada e que lide bem com contratempos, a fim de garantir que tudo possa, ainda que fora do planejado, ter um bom seguimento. 

Dessa maneira, é possível fazer com que um processo que vai estruturar uma atividade criativamente a fim de executar uma tarefa, fazendo com que seja mais prático, por exemplo, elaborar uma campanha de marketing com o intuito de propagar uma bomba hidráulica para o mercado industrial. 

Diante disso, fica evidente que tudo pode ser contornado por meio da criatividade e que pode ter uma forma mais elaborada de se resolver eventuais problemas que aparecem devido ao leque de variadas possibilidades que podem, consideravelmente, resolver essa situação. 

A relevância de ter uma boa criatividade

Na maioria das vezes, ser criativo tem uma boa influência em como você vai conseguir desenvolver um problema, ou seja, como você consegue resolver ele e quais os meios de fazer isso da maneira mais rápida possível. Dessa maneira, é essencial que essa seja uma parte que sempre tenha estímulo. 

A criatividade é amplamente estimulada na primeira infância, o que faz com que as crianças possam “sair da casinha” e fazer ressignificações de questões que vão desde cores até palavras, o que faz com que seu leque de possibilidades seja aumentado significativamente.

Quando adultos, ou melhor, conforme o passar do tempo, é comum ver que essa criatividade vai sendo podada pouco a pouco a ponto de fazer com que eles retornem a “caixinha” da padronização. Se isso não acontecesse dessa maneira, um grupo gerador de energia, por exemplo, poderia ter uma eficiência ainda maior, pois passaria por mais inovações. 

Como desenvolver a criatividade

A realidade é que a criatividade é um meio que pode ser estimulado de várias maneiras, tendo uma parte essencial no que diz respeito ao “voltar a ser criança”, que é ver as coisas em sua simplicidade e pensar em outras formas que lhe poderiam ser atribuídas. Por exemplo:

Um sol precisa ser necessariamente amarelo em um desenho?

Não. A liberdade criativa, principalmente para artistas, não deve ser resumida em questões cotidianas. Por isso, um passo essencial para que essa área do seu cérebro seja estimulada é fazendo:

  • Não ignore suas ideias diferenciadas do que você considera normal;
  • Sempre resinifique as coisas do cotidiano;
  • Faça uso dos seus brainstormings; 
  • Tenha leituras regulares, principalmente de fantasias, isso faz com que o cérebro possa realmente criar os mundos que você vê entre as linhas; 
  • Esteja aberto há várias possibilidades e outros. 

Sendo assim, a criatividade é uma forma essencial de se ter um dia a dia mais interessante e prático, sem a necessidade de se tornar uma rotina cansativa e com uma resolução de problemas muito mais rápida e efetiva. 

Este artigo foi produzido por Eduarda Prestes, criadora de conteúdo do Soluções Industriais.

Leave a comment

Your email address will not be published.