MEI: 3 erros que você não pode cometer

O MEI ou Micro Empreendedor Individual é um modelo essencial para aquelas pessoas que querem organizar seus negócios e, consequentemente, ter um CNPJ para emitir notas fiscais.

Então, caso tenha um e-commerce que venda servomotor ou qualquer outro tipo de ofício que se encaixe aqui, podemos te ajudar a não cometer erros básicos. Quer saber melhor sobre o tema? Então, vem com a gente!

1- Contratar mais de um funcionário? Não faça isso!

Um! Este é o número de funcionários que o Microempreendedor Individual pode contratar. Irá encontrar empresas que tentam burlar o sistema? Obviamente. Mas é ideal e ético que não o faça.

Quando há necessidade de aumentar o número de colaboradores, é melhor modificar o status da sua marca. Se o governo descobrir esta ‘artimanha’, certamente cancelará o CNPJ e aplicará multas trabalhistas.

Acima da MEI temos o regime Simples Nacional, que costuma ser a melhor opção para esses casos.

Seu contador saberá como proceder e é pago para te aconselhar em episódios como esse, caso contrário, é válido pensar em outra pessoa para o ofício. Se tentar mantê-lo, é como se estivesse fazendo a Locação de geradores e o mesmo não funcionasse. 

Ou seja, o que determina que tenha um sono tranquilo durante a noite?

2- Informe qual o valor correto de suas receitas

Tem ganhos anuais de R$20 mil, por exemplo? Não altere isso para burlar o cálculo de impostos. É outra das coisas que poderá gerar complicações futuras para o microempreendedor individual.

Se isso ocorrer, vai ser chamado para dar satisfações à Receita. É cruzando todos os dados referentes aos doze últimos meses que o órgão descobre inconsistências.

O valor da multa? Pode variar e ficar entre 75% a 250% sobre o valor de todos os impostos que o CNPJ deve. Pergunte a si mesmo se vale a pena correr esse risco e, em breve, terá uma resposta!

Lembre-se que a luta para construir sua loja de Disco diamantado, por exemplo, foi grande demais para se perder em pequenos montantes.

3- Se você é MEI, não abra mais de uma empresa

Segundo a lei brasileira, é permitido apenas um CNPJ MEI para cada cidadão. Isso é verificado pelo número de CPF. 

Certifique-se de que não possui vínculos com outras empresas e, se preferir, atuar como sócio em mais de um CNPJ, faça isso dentro da lei das Micro Empresas.

Algumas curiosidades

Dentro do setor de serviços, segue abaixo os que podem ser MEI

  • Cabeleireiro
  • Cozinheiro
  • Diarista
  • Dublador
  • Editor de revistas
  • Eletricista
  • Mecânico
  • Pedreiro
  • Taxista
  • Pedreiro

Já no setor de comércio:

  • Abatedor(a) de aves com comercialização de produto
  • Açougueiro(a)
  • Antiquário(a)
  • Baleiro(a)
  • Barraqueiro(a)
  • Comerciante de animais vivos e de artigos e alimentos para animais de estimação
  • Comerciante de artigos de armarinho
  • Comerciante de artigos de bebê
  • Comerciante de artigos de caça, pesca e camping
  • Comerciante de artigos de cama, mesa e banho

Fique atento, equilibre suas contas e esteja focado em seus negócios a todo momento!

Esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais. 

Leave a comment

Your email address will not be published.