Outbound Marketing: o que é e como utilizá-lo?

As variações do marketing são como uma válvula direcional, onde o gestor poderá encaminhar seus esforços para o ‘ponto A’ ou para o ‘ponto B’. E com o advento da internet isso se intensificou ainda mais.

Mesmo assim, muitas pessoas ainda não têm noção do termo Outbound Marketing. E foi pensando nisso que criamos esta postagem. Portanto, se ficou curioso e quer saber mais, continue com a gente!

 

O que é Outbound Marketing?

Outbound marketing é a forma pela qual uma empresa inicia contato com leads ou clientes em potencial usando e-mails, mala direta, outdoors, patrocínios em eventos, apresentações de feiras, publicidade na TV, rádio, anúncios online ou por meio de contato pessoal e etc. 

Depois que os dados são gerados, normalmente é responsabilidade dos representantes de vendas acompanhar e desenvolver relações com essas pessoas.

Com ele, os comerciais são transmitidos repetidamente, sem saber se os clientes desejam recebê-los. Por exemplo, uma empresa de conserto de bomba interrompe uma novela para chamar atenção do espectador e promover uma mensagem.

A familiaridade do consumidor com o outbound marketing pode aumentar o reconhecimento da marca, ao mesmo tempo que aliena os consumidores.

 

Como utilizá-lo em sua empresa?

Para utilizá-lo de forma correta, siga as etapas abaixo.

  • Etapa 1: conheça suas ofertas

Para criar uma estratégia eficaz, veja quais plataformas você pode usar para que esse marketing promova ofertas B2B, B2C ou C2C? De qualquer forma, pode-se inserir suas propagandas em emissoras de rádio e TV, considerando o tamanho do público-alvo.

Mas se deseja promover seus produtos B2B, tente fazê-lo em plataformas nichadas.

  • Etapa 2: conheça seu público

O segundo passo é criar uma persona para o seu produto ou serviço. Isso o ajudará a escolher os caminhos certos para suas ofertas. Hipoteticamente, é como se fizesse um tratamento de efluentes e eliminasse tudo o que atrapalha seu progresso.

Pesquise os hábitos, preferências de consumo, faixa etária e classe social do seu público, antes de escolher as plataformas para comercializar suas ofertas.

  • Etapa 3: pesquise seus concorrentes

Pesquise seus concorrentes para saber o onde estão ganhando e perdendo. Com isso, saberá melhor como se destacar deles. Esse tipo de ‘marketing de guerrilha’ é uma das táticas mais comuns para enganar sua concorrência.

  • Etapa 4: criar mensagens de campanha

Crie uma lista das principais mensagens que você deseja comunicar ao seu público. Elas devem conter: 

  • o nome da campanha; 
  • o título;
  • o slogan e; 
  • as hashtags pertinentes ao tema. 

Com técnicas de storytelling irá fisgar seu público efetivamente.

  • Etapa 5: escolha suas plataformas

Por fim, faça pesquisas referentes às plataformas online e offline e aloque o orçamento com todo cuidado. Isso vai garantir que a campanha obtenha o máximo de público.

Depois disso, desenvolva uma estratégia para cada canal. Por exemplo, para anúncios de mídia social, tenha em mente o público-alvo, o valor a ser gasto, etc.

Se for assertivo, conquistará ótimos números e muitas pessoas que não sabiam de seu trabalho, irão adquirir seus produtos.

 

Gostou do nosso conteúdo? Deixe o seu comentário e compartilhe este post em suas redes sociais!

Leave a comment

Your email address will not be published.